Pular para o conteúdo principal

LUGARES

A

Alvarer, a Terra dos Eternos
Alvatheon
Aragus

B

Bosque de Enindrous

C

Cachoeira Ant
Cordilheira dos Andrus
Cordilheira de Malbek
Cordilheira de Klópus

D

Dales
Derordin
Desconhecido, A Terra dos Gigantes
Dragossos 

E

Ederon
Etanor

F

Floresta das Grandes Árvores
Floresta Escura
Floresta Talpek

G

Grovágila

H

Haldom
Havis

I

J

K

Klamodien/O Ermo
Klópus

L

M

Mankdrive
Marenisor
Menroth
Mina do Pico, Bastião Oriental de Trorivast
Mineth-ran
Montanhas de Alvatheon
Montanhas Negras
Montanhas Vermelhas
Montanhas Cortadas

N

Nojonvilo, A Terra Dourada

O

P

Paraíso
Pico de Hamphoest (ver Mina do Pico, Bastião Oriental de Trorivast)
Pinasiny

Q

R

Reino dos Dragões
Rio Glândrus
Rio Surimayva
Rio de Trorivast

S

Standmon
Standor
Sumria/Sundar

T

Tândrus
Thodro-tuhyo
Triângulo
Trorivast  

U

V

Velbohr

W

X

Y

Z

Mais vistas

Nirener, o Feiticeiro das Águas

Pouco se sabe sobre a vida mortal de Nirener, o feiticeiro das águas. Sabe-se que vivera na Floresta Alvatheon, mas onde exatamente é um mistério que ele teima em esconder. No presente, é descrito como "quieto demais e pensativo demais", bastante precavido e metido a fazer as coisas sempre sozinho. Foi um dos primeiros a tornar-se Mestre da Magia, o único a receber a imortalidade na Terra Sagrada dos Verith, onde foi navegante e depois discípulo de Obarath, O Justo, escolhendo a cor azul em sua capa para representar as águas do oceano. Ao retornar para Aragus (296 E. R.), tornou-se pupilo de Sil Barok, com quem aprendeu a evocar a Luz Azul da Proteção e tudo sobre os Miasmas da Noite, mantendo a cor da capa. Diante do poder de Havar, o monveran da morte que se alastrava por Haldom e corrompia os ivirezes, Nirener foi chamado para prendê-lo. Com a ajuda de Sil Barok, conseguiu trancafiá-lo nas "raízes de Atokuzi", dando fim a seu reino obscuro e iniciando